top of page
PIT

PSICODRAMA INTERNO TRANSGERACIONAL

Por que o Psicodrama? Psicodrama necessita de um palco e necessita de personagens, é por isso eu amo o psicodrama, porque temos histórias humanas: perdas, mortes súbitas, invasões, traições, ciúmes. No teatro Shakespeare trata disso: histórias humanas, seres humanos vivos.


Quando o drama começa a se movimentar você tem emoções, mas você sempre tem que aterrar as histórias numa cena, senão você estará fazendo renascimento ou holotrópica, alguma coisa assim.


Essas terapias não têm direção, eles estão abertos. Você flutua no gigantesco oceano da psique. Não tem começo, não tem fim, não tem lugar para ir, você só borbulha na psique e isso é muito difícil de ser contido.


Nós tratamos os fragmentos da psique como se eles pertencessem à história. A história mantém consciente. Essa é a diferença para o trabalho do Grof, e o do renascimento.
Nós usamos basicamente a estrutura da vida humana, e a minha posição é: todo material que emerge da mente inconsciente é material humano.


A antiga palavra romana para a mente inconsciente era “memória”. Por isso Woolger chamou esse processo em inglês de Deep Memory Process ou Processo de Memória Profunda.

 


OBJETIVO: 
Preparar profissionais em psicoterapias para trabalhar com os fenômenos ancestrais que se apresentam no palco psicodramático, com ferramentas e recursos para elaboração de respostas mais qualificadas no âmbito de nossas intervenções profissionais, para melhor atender as demandas sociais impostas atualmente.

METODOLOGIA: 
Diferente da constelação familiar de Bert Hellinger que usa representantes, Boarini usa a imaginação ativa e o psicodrama para trabalhar o tempo e o espaço dentro do campo morfogenético, conforme o cientista Rupert Sheldrake.


PÚBLICO ALVO:
O curso é oferecido para profissionais habilitados, que já tenham uma prática habitual como psicoterapeutas, psiquiatras, psicólogos, psicodramatistas, orientadores e conselheiros de diferentes linhas. Este curso não pretende ser uma formação terapêutica básica e, portanto, não se destina a pessoas que ainda não tenham treinamento ou experiência em psicoterapia.

Módulos Básicos:

Módulo 1: O Drama Ancestral - Explorando as Raízes da Nossa Existência

Módulo 2: O Corpo como Protagonista - Entendendo o Papel do Corpo na Narrativa Transgeracional

Módulo 3: O Trauma Transgeracional - Curando as Feridas do Passado Familiar

Módulo 4: O Drama da Sombra - Confrontando os Aspectos Ocultos do Ser

Módulos Avançados:

Módulo 5: Outras Vidas, Outras Memórias Familiares - Reconectando com Nossas Existências Passadas

Módulo 6: Prosperidade e Ancestralidade - Entrelaçando Sucesso e Raízes Históricas

Módulo 7:  Ecos do Olimpo - Resgatando Saberes Mitológicos

Alberto Boarini
Alberto Boarini

albertoboarini@gmail.com | Tel: 011-97206-0576

Professor Internacional na Terapia Transgeracional, Palestrante Psicodramatista, Terapeuta em DMP, Ator e Escritor.

PROGRAMAÇÃO

Em nível familiar, você poderá identificar quais questões de seus ancestrais ecoam em você e ter a oportunidade de jogar luz na dor familiar que de muitas formas ressoa em seus descendentes. A partir daí, o conceito de Co-Inconsciente de J.L. Moreno funciona como uma das chaves para o que chamamos hoje de transmissão transgeracional.
O método revela a essência da alma através da ação. Cria um sentido mais profundo de harmonia dentro do sistema familiar.
 
O DRAMA ANCESTRAL 
Entramos pela porta de sua imaginação e encorajamos seu corpo a contar uma história. Esta história é resolvida através do psicodrama, da liberação emocional e do acesso a uma consciência elevada.
 
Programação 
MÓDULO 1 (16h)
 
- Introdução ao Psicodrama Transgeracional, correlação com Psicodrama tradicional, Constelações e a Terapia Regressiva. - Componentes teóricos com base em Roger Woolger e J.L. Moreno. 
- Técnica 1 – As primeiras memórias familiares, os benevolentes. vivencial em grupo, com demonstrações.
Psicodrama Interno e suas etapas.
- Técnica 2 – Leitura do campo energético. Demonstração dirigida pelo professor. Prática entre alunos sob supervisão. 
- Técnica 3 - Como buscar os resíduos inacabados das histórias transgeracionais, com supervisão.
- Notas para os terapeutas – papeis e definições para o aconselhamento de ancestrais 
- Trabalhando no Bardo. Os três níveis da realidade dos bardos após a vida. 
- Técnica 4 – O cinema.  Demonstração dirigida pelo professor. Prática entre alunos sob supervisão. 
- Técnica 5 - Como buscar os resíduos inacabados das histórias transgeracionais, com supervisão.
- Falando com as memórias e as cinco regras de Ouro
- Quatro papeis de um diretor de psicodrama transgeracional
 
O CORPO COMO PROTAGONISTA EXPERIENCIADOR 
Apesar do PSICODRAMA não ser uma psicoterapia corporal (categoria que melhor se atribui às psicoterapias reichianas, pós reichianas e afins), nele, numa maneira peculiar, o corpo exerce importante função, relacionada em muito a sua eficácia terapêutica.
 
Programação 
MÓDULO 2 (16h)
 
Introdução ao método DMP® Deep Memory Process, e a Terapia Regressiva. 
- Psicodrama Interno e a participação do corpo. 
- O corpo sutil na teoria e prática. 
- Entramos pela porta de sua imaginação e encorajamos seu corpo a contar uma história. 
- Técnica 6 – Leitura Corporal. Demonstração dirigida pelo professor. As memórias familiares corporais, vivencial em grupo, com demonstrações.
- Práticas entre os estudantes com supervisão. 
- Técnica 7 – Morada no Corpo. Cada parte do corpo tem algo a dizer ou expressar. 
- Demonstração dirigida pelo professor. Prática entre alunos sob supervisão. 
- Técnica 8 - Como buscar os resíduos inacabados das histórias transgeracionais no corpo com supervisão. 
- Compartilhamento e processamento teórico.
 
O TRAUMA TRANSGERACIONAL
Consiste em reviver e enfrentar psicodramaticamente um trauma, liberando fobias, dores inexplicáveis e outros sintomas gerados por cicatrizes ancestrais.
Como na regressão hipnótica e no psicodrama, o cliente é guiado e encorajado a reviver cenas traumáticas ou conflitos não resolvidos do passado que, até então, estavam inacessíveis à consciência, mas aparentemente estão influenciando ou distorcendo o equilíbrio mental e emocional atual da pessoa.
 
Programação 
MÓDULO 3 (16h)
 
- Introdução aos dois tipos de traumas e o corpo como bode expiatório. 
- Como identificar e trabalhar o trauma na infância, no aqui agora da história. Psicodrama.
- Técnica 9 – Trauma infantil. Demonstração dirigida pelo professor. A memória traumática. Prática entre alunos sob supervisão. 
- Compartilhamento e processamento teórico.
- Técnica 10 – Trauma Familiar. Demonstração dirigida pelo professor. A memória traumática. Prática entre alunos sob supervisão. 
- Compartilhamento e processamento teórico. 
- O trauma Transgeracional tem várias Camadas e pode ser transmitido entre gerações. 
- Liberação do trauma e catarse na vida atual e na vivência da memória transgeracional.
- Revisão dos assuntos inacabados. 
- Trabalho em grupo para fechar possíveis histórias que por ventura ainda estão abertas no corpo, mente e emoções.
 
O DRAMA DA SOMBRA 
Dentro de cada mulher e de cada homem, a caverna escura do inconsciente é a guardiã de sentimentos proibidos, desejos secretos e anseios criativos. Com o tempo, estas forças "escuras" adquirem vida própria e formam uma figura intuitivamente reconhecível 
– a sombra.
 
Programação 
MÓDULO 4 (16h)
 
 Iluminando o lado escuro de Alma. 
- O primeiro passo – Ser apresentado a ela.
- Técnica 11 – As Projeções. Demonstração dirigida pelo professor. Prática entre alunos sob supervisão. 
- Compartilhamento e processamento teórico. 
- Um lugar de difícil acesso.
- Trabalho em grupo para fechar possíveis histórias que por ventura ainda estão abertas no corpo, mente e emoções. 
- Mergulhar nos aspectos negativos da alma, sempre a partir de um julgamento do ego e sobretudo do superego.
- O teatro do grande tesouro “ A sombra”.
- Conclusão e Certificação.

DESTALHES DA FORMAÇÃO
 
Esta formação é baseada nas técnicas de acesso direto ao co-inconsciente, defensores de um método orientado para a ação, sabemos que um efeito duradouro ocorre quando a discussão ativa de um sujeito é profundamente sentida e penetra no processo de pensamento, abrindo novos horizontes e iluminando os problemas. Isto significa que, durante o trabalho, o corpo deve ser atentamente envolvido e autodeterminado. Como terapeuta em regressão e psicodramatista Alberto Boarini nas suas práticas desde 2002. Traz uma síntese inteligente das práticas do Dr. ROGER WOOLGER (criador do DMP) e Dr. J.L.MORENO (criador do Psicodrama).
 

 
_edited.jpg
Precisa de mais informações?

Estamos aqui para ajudá-lo. Entre em contato por telefone, email ou redes sociais.

bottom of page